As tatuagens Old School, ou “tradicionais”, tiveram sua origem por volta da década de 1890. Porém, a popularização deste estilo de tatuagem ocorreu após o ano de 1920, em uma época que a maioria dos tatuadores foi trabalhar perto de bases navais dos Estados Unidos. Neste momento, a tatuagem Old School tornou-se um símbolo de bravura e personalidade, pois quem era tatuado contava as histórias e viagens dos marinheiros.

Marinheiros e as tatuagens Old School

Após a Segunda Guerra Mundial, o estilo de tatuagem ficou mais popular, principalmente por remeter à imagem de rebeldia, inclusive com a ascensão do estilo musical Rockabilly, normalmente representado por um jovem rebelde infrator, na maioria das vezes tatuado.

Também deve ser lembrado que, após esta década, houve um surto de hepatite e as tatuagens foram proibidas. Após este período, o estilo de tatuagem Old School teve menos “prestígio”, digamos assim.

Marinheiros e o estilo Rockabilly com as tatuagens Old School

Uma grande lenda do estilo tradicional de tatuagem é Norman Keith “Sailor Jerry” Collins (1911-1973). Este norte-americano juntou-se à Marinha por volta dos 19 anos e viajou por todo o mundo, sendo exposto à arte e inspirado por imagens do sudeste da Ásia. A sua influência é uma mistura das atitudes de um marinheiro americano com o misticismo do extremo oriente.

Sailor Jerry, a lenda das tatuagens Old School

“Ainda não fiz o meu melhor… só o meu melhor até agora.”

Ele abriu o seu primeiro estúdio de tatuagem na Chinatown de Honolulu, um lugar em que os marinheiros se reuniam para beber, fazer tatuagens e também para se divertir com mulheres das redondezas.

Veja um pouco sobre a vida de Sailor Jerry no vídeo abaixo (em inglês), e também alguns desenhos feito pela lenda.

Tatuagens Old School nos dias de hoje

Nos últimos anos, o estilo de tatuagem Old School ganhou popularidade, principalmente pelo fato de tatuadores estarem se especializando neste estilo e sempre trazerem inovações e desenhos diferentes para o estilo tradicional. As séries de TV também colaboraram para o estilo voltar a ser procurado, principalmente as séries London Ink, Miami Ink, Los Angeles Ink e New York Ink.

Mas existe uma diferença entre as tatuagens Old School “antigas” e as tatuagens Old School “novas”. Uma grande diferença está na coloração, pois antigamente não existia uma grande escolha de tintas de tatuagens e a tecnologia dos equipamentos utilizados na época era inferior.

Antigamente, as cores de preenchimento eram sólidas, como o vermelho e verde, com uma adição de tons em azul, amarelo, marrom e roxo. Os contornos são normalmente feitos em tinta preta e em negrito, dando destaque para o desenho.

Os principais símbolos representados em tatuagens Old School tradicionais são:

  • Rosas dos Ventos e a Estrela Náutica, indicadoras de direção.
  • Âncoras, representando a resistência.
  • Rosas vermelhas, que significavam ‘amor’.
  • Rosas pretas significavam a morte.
  • Andorinhas eram símbolos de boa sorte, pois são aves migratórias que representam a fidelidade do viajante ao lar com a promessa de retorno.
  • Coração com algumas palavras, normalmente “pai”, “mãe” ou o nome de alguém.
  • Flâmulas com frases e palavras sábias que contam uma história.
  • Mulheres seminuas e pin-ups.

Inspiração para tatuagens Old School

Tatuagens, motos, graffiti, música são algumas das minhas paixões e meus principais tópicos no BlendUp.